Caminhão arqueado: Tudo que você precisa saber a respeito

Por: 06/12/2021 991 views Nenhum comentário

Caminhão arqueado tem sido uma tendência bastante comum, entre os motoristas mais jovens, mas essa prática é segura? Quais os prós e os contra?

Veja por meio deste artigo, questões e dúvidas comuns sobre essa prática.  

Caminhão arqueado: Tudo que você precisa saber a respeito

Mas o que é um caminhão arqueado?

Na verdade, essa prática é o levantamento da parte traseira do caminhão. Essa tendência traz personalidade ao veículo, um estilo mais chamativo e ousado, mas essa alteração causa alguns impactos na direção. Alguns sustentam que a modificação melhora a dirigibilidade.

Então os motoristas devem ficar atentos, a prática em si além de alterar a parte física do caminhão, existem alguns quesitos que o condutor deve conhecer, como as questões legais, para ter segurança para ele, o veículo e a carga.

Para ser feita a prática existem limites, regras e cuidados. Alguns motoristas afirmam que ter o caminhão arqueado traz estabilidade ao veículo em uma curva, evitando o capotamento, e para ter a altura ideal são utilizados sob a suspensão molas adicionais ou calços.

Prós e contras da prática de arquear o caminhão

A modificação em si traz mais contra do que prós, pelo fato da alteração ser feita na maioria das vezes somente pela estética.

Os riscos que essa alteração pode causar afetam outros veículos que transitam pela estrada e não só o motorista do caminhão arqueado.

No caso da suspensão dos para choques, por exemplo, há risco de um carro menor colidir e entrar embaixo da carroceria é bem maior, e caso haja uma freada brusca e rápida, com a elevação da traseira pode empurrar a carga para frente e atingir a cabine, colocando em risco a vida do motorista do caminhão.

Por isso, devido a tantos problemas envolvendo o caminhão arqueado, as autoridades decidiram estabelecer limites legais para a prática, visando a garantir a segurança nas estradas.

Mas, existe algum impedimento legal para rodar com um caminhão arqueado?

Na verdade, não seria um impedimento, mas regras a serem seguidas, portanto toda e qualquer alteração deve passar pelo crivo da legalidade, a fim de que não haja nenhuma surpresa desagradável posterior. 

Por isso deve haver essa adequação às leis, geralmente a obrigatoriedade por questões práticas que tratam de segurança. Por esse motivo, a preocupação não é estritamente burocrática, ao contrário, com pouquíssimas exceções, pretendem suprir uma demanda de melhoria do tráfego e potencialização da segurança.

Veja o que diz o Contran sobre caminhão arqueado?

O Contran – Conselho Nacional de Trânsito em 2014 publicou a Resolução nº 479 que especifica a arqueação dos caminhões. 

Veja as determinações do órgão:

  • O caminhão arqueado deve ser aumentado em até 3,5 centímetros;
  • As lanternas traseiras podem estar no máximo a 1,20 metros do chão;
  • As lanternas laterais podem ter altura máxima de 1,50 metros do chão.
  • O caminhão arqueado deve ser aumentado em até 3,5 centímetros;
  • As lanternas laterais podem ter altura máxima de 1,50 metros do chão

Dessa forma, os caminhoneiros devem ficar atentos não apenas em relação à elevação ou rebaixamento da suspensão dos veículos, como também sua distribuição de peso e ao limite permitido por eixo.

Sendo assim, ainda que os condutores  sejam adeptos de um estilo diferenciado, para manter as condições ideais de funcionamento dos caminhões e agir de acordo com as obrigações legais, é recomendado que a prática do caminhão arqueado seja deixada de lado.

Caminhão arqueado tudo que você precisa saber a respeito

Como resolver a questão?

Sabemos que os caminhões possuem tamanhos diferentes, a elevação de dois graus no nivelamento da traseira resultará em alturas diferentes, assim alguns caminhoneiros, até mesmo os agentes da fiscalização nas estradas, podem entender que o veículo não esteja dentro do padrão permitido.

Considerando o exemplo de um caminhão de seis metros de comprimento, a elevação total da traseira não pode ultrapassar 21 centímetros. Então para evitar problemas e esclarecer dúvidas, a Polícia Federal divulgou uma fórmula simples para fazer esse cálculo:

  • Primeiramente, você deve medir a altura do final da longarina, que será chamada de altura X;
  • Depois, você deve medir a altura da longarina a uma distância de 1,5 metros de altura X, encontrando a altura Y;
  • E por final, calcule a diferença subtraindo a altura Y da altura X.

Então para que seu caminhão arqueado esteja dentro dos padrões legais, deve ser menor que 3,5 centímetros, o resultado encontrado

A punição para quem descumprir a resolução do Contran pode envolver a perda de pontos na Carteira Nacional de Habilitação, o pagamento de multa, a retenção do documento e a apreensão do veículo. A ausência da informação sobre as alterações feitas no documento do veículo também resulta em penalidades.

Entretanto, evitar a prática do caminhão arqueado é necessário tanto para cumprir o que prevê a lei como para prolongar a vida útil do seu veículo e promover a segurança nas estradas.

Nesse sentido, seguir corretamente a prática da manutenção preventiva tem uma importância fundamental, como você entenderá ao final do nosso artigo.

Mas caso você já tenha arqueado e agora?

O transporte de cargas pelas estradas brasileiras é uma atividade que está repleta de riscos, especialmente devido às péssimas condições das vias e aos riscos naturalmente relacionados à direção pesada.

A manutenção dos caminhões deve ser rotina em qualquer situação, mas no caso dos veículos arqueados ela é mais do que essencial. 

Somente com a análise cuidadosa do estado de funcionamento e conservação do seu veículo é possível detectar as falhas com antecedência e providenciar os reparos necessários.

Por isso, redobre os cuidados e faça a manutenção preventiva regularmente para evitar problemas. Lubrifique e cheque todo o sistema de suspensão do caminhão e principalmente dê atenção à revisão das molas, batentes, barra estabilizadora e bandeja.

Por essa razão, realizar a manutenção preventiva dos caminhões é muito importante para evitar problemas que podem vir a causar acidentes graves, trazendo inúmeros prejuízos tanto para os motoristas quanto para as empresas e para a sociedade como um todo. Agora que você já sabe por que deve evitar rodar com o caminhão arqueado e como a manutenção preventiva é essencial, combinado?

Leia também: 5 Caminhões mais caros que existem


Deixe seu comentário